Pesquisa & Desenvolvimento - Agrauxine
20887
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-20887,page-child,parent-pageid-20875,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_popup_menu_text_scaledown,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-16.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive
 

Pesquisa & Desenvolvimento

Pesquisa e Inovação para proteção e bioestimulação de plantas

 

 Com sede em Angers, França, com mais de 400 m² de laboratórios localizados no coração do “campus vegetal”, o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Agrauxine é um grande ativo para a inovação e melhoria contínua de nossos produtos..
retd

Uma equipe de especialistas dedicada ao biocontrole e à bioestimulação

 

Especialistas em agronomia, microbiologia, fitopatologia, fisiologia vegetal e biologia molecular, nossas equipes de pesquisa são organizadas de acordo com sua expertise:

 

  Pesquisa em Biocontrole

 

  Pesquisa em Bioestimulantes

 

Nosso time dedicado de P&D trabalha em estreita colaboração com o time de P&D da Lesaffre, composto por mais de 200 pesquisadores em todo o mundo. Nossa equipe de pesquisa também conta com uma rede de parceiros e centros técnicos especializados em seu campo.

 

retd2

Respondendo aos principais desafios da indústria de cuidados com plantas através da inovação

 

Nossos trabalhos de P&D estão focados no desenvolvimento e avaliação de microrganismos que oferecem desempenho técnico e econômico ao setor.
Nossa abordagem científica para desenvolver novos produtos:

– Pesquisa prospectiva aprofundada

– Identificação e triagem de novos compostos de interesse

– Seleção de ingredientes ativos e formulações em condições controladas

– Desenvolver ensaios de campo de acordo com boas práticas de experimentação

rd_techno

Nosso aparato de pesquisa

 

Nosso aparato de pesquisas inclui salas preparatórias e laboratórios dedicados à microbiologia, culturas in vitro, ensaios in planta e à biologia molecular..

Para realizar nossos ensaios e avaliar a eficiência de novos compostos (pre-screening, screening, métodos de seleção), contamos com estufas experimentais, fitotron (câmara de cultivo que permite controle total de simulações de microclimas em diferentes regimes climáticos por cultivo, entre outras funções) e câmaras climáticas para simular condições de estresse abiótico em geral.
Este equipamento é também utilizado para o desenvolvimento de patossistemas a fim de identificar os produtos mais eficientes e definir as suas condições de aplicação: :dosagem mínima, fase e tipo de aplicação, posicionamento da cultura, estratégia combinatória e sinergias com outros produtos.