productos de biocontrole, bioestimulantes
20772
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-20772,page-child,parent-pageid-20754,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_popup_menu_text_scaledown,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-16.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.5,vc_responsive
 

Hortaliças

Biocontrole e bioestimulação para o cultivo de hortaliças

 

As expectativas dos consumidores em relação à qualidade dos produtos hortícolas frescos e a percepção dos riscos para a saúde associados aos resíduos químicos têm revolucionado a indústria e levado as autoridades públicas a limitar a utilização de produtos fitossanitários sintéticos nos produtos hortícolas.
A diversidade das culturas e das condições de produção, em função da região, multiplicam as restrições técnicas dos produtores; Os produtos de biocontrole e bioestimulantes derivados de microrganismos são uma nova solução para os produtores de hortaliças que atendem às necessidades técnicas e econômicas e limitam o uso de produtos fitossanitários convencionais.
salade

Doenças do solo como pythium em cenouras ou rhizoctonia em folhosas

 

As culturas de rotação curta como cenouras ou folhosas estão cada vez mais expostas a patógenos do solo devido ao uso reduzido de produtos de desinfecção do solo e, mais amplamente, em função da fadiga do solo. Quando usados regularmente e preventivamente alguns produtos de biocontrole contribuem para restaurar o equilíbrio microbiano entre microrganismos benéficos e patogênicos. O uso destes produtos ajuda a melhorar o estado sanitário das culturas, limitando o uso de produtos sintéticos.

Descubra Trisoil®, biofungicida contra doenças do solo  

tomato

Doenças foliares como oídio, Botrytis e míldio

 

Estas doenças geralmente ocorrem durante a segunda parte do ciclo vegetativo e até a colheita. Uma contaminação como a de oídio pode causar danos significativos nas culturas, levando à alteração no sabor ou mesmo à destruição total da colheita.

As culturas como morangos, tomates ou pepinos têm de ser protegidas até à colheita, a fim de garantir a máxima qualidade e produtividade, respeitando os limites máximos de resíduos autorizados. Os produtos de biocontrole integram perfeitamente os programas de tratamento de doenças foliares em substituição ou em adição aos produtos fitossanitários convencionais.

strawberries

Bioestimulantes: novas soluções comprovadas

 

A ação de bioestimulantes derivados de microrganismos oferece uma vantagem real para o aumento do nível técnico do cultivo de hortaliças. Sua interação direta com a planta e o solo permitem melhorar a qualidade da colheita e a produtividade, agindo sobre a fisiologia da planta. Os produtos bioestimulantes estimulam vários parâmetros mensuráveis como o número de frutos, seu peso e tamanho, sua vida útil após a colheita, seu teor de açúcar, influenciando até mesmo no teor de enxofre de algumas frutas e legumes.

Descubra Pushy®, bioestimulante foliar e de raízes para o cultivo de hortaliças